Viagens

Zona de Düsseldorf/Colônia – impressões e custos

Acho que já deu para perceber que eu e o J. gostamos mesmo da Alemanha. Dizemos, meio a brincar, meio a sério, que se falassem inglês na Alemanha era lá que viveríamos. Nos últimos anos visitamos este país pelo menos uma vez por ano, este ano ainda lá voltamos.

Como deixamos para tarde decidir o que fazer no fim de semana prolongado de agosto e não queríamos gastar muito dinheiro, não sabíamos bem o que queríamos fazer. Depois de algumas pesquisas encontramos uns voos a um preço porreiro para Düsseldorf e marcamos. Sem saber o que iriamos fazer ou onde ficar, isso foi decidido bem depois.

Vamos então aos custos:

Voo: £98.84 por pessoa com a BA, voar sabado de manha e regresso segunda ao final do dia

Hoteis: £107.11 pelas duas noites

Carro: £68.13 por tres dias. Normalmente alugamos carros baratos mas desta vez decidimos algo melhor

Transportes (fora carro): 59 euros para os dois

Entradas em museus e castelos: 73 euros para os dois

Comida: 163.9 euros para os dois

Total: 705 euros / £642,70 para os dois, £321.35 por pessoa, £107.12 por dia.

 

Viagens

Mercados de Natal na Europa

Qual o melhor tema para iniciar Dezembro? Isso mesmo, Natal!! Todos os anos eu e o J visitamos um mercado de Natal. Apesar de a minha profissão me deixar um pouco farta de natal quando chega esta época mágica fico logo então espírito Natalino e esqueço os aborrecimentos. Assim aqui vai um post muito especial sobre os mercados que já visitamos:

– Londres – os mercados mais conhecidos são o de Southbank e o Winter Wonderland. Enquanto o primeiro e um mercado tradicional germânico apenas com barracas a vender artesanato, doces, salsichas, cerveja e vinho quente o Winter Wonderland é um autêntico parque de diversões. Pista de gelo, espectáculos, roda gigante, carrosséis e imensas barracas de artesanato, comida e bebida, é um dos mercados mais famosos da Europa. Vale a pena a visita principalmente durante a semana. Ao fim de semana fica tão cheio que é quase impossível lá andar. A entrada é gratuita, só tem de pagar pelas diversões que quiser usar. Fica localizado no Hyde Park. Mais informações aqui.

Berlim – A última passagem de ano foi passada nesta cidade e como tal tivemos oportunidade de visitar alguns mercados que ainda estavam abertos. Claro que os mercados são muito mais giros antes do Natal pelo que queremos voltar. Existem imensos mercados espalhados pela cidade. Localizações, datas e horários podem ser encontrados aqui.

Munique – este foi um dos primeiros que visitamos e um dos que mais gostei. Embora na verdade os mercados estejam espalhados um pouco por toda a cidade o maior (e melhor) ocupa a Marienplatz. Mais informação pode ser encontrada aqui.

Estugarda – esta cidade alberga um dos mais famosos mercados de natal na Alemanha e como temos família lá não podíamos deixar de visitar. E confere, é enorme e óptimo! O mercado é tão completo que até lojas existem no meio do mercado (em vez de barracas). Também tem imensas diversões para crianças e uma pista de gelo! Mais informações aqui.

– Essling – esta cidade situada a menos de uma hora de Estugarda guarda um dos mercados de Natal mais únicos da Europa, um mercado de natal medieval! Não contém com embalagens de plástico, luzes led infinitas, todo este mercado tenta recriar o que se passava há centenas de anos atrás. Sem dúvida que este mercado merece uma visita! Mais informações aqui.

– Zurique – esta foi a nossa escolha em 2017 e escrevi um post sobre os mercados de natal nesta cidade.

– Varsóvia – existem dois mercados de natal muito grandes nesta cidade, um à entrada do centro histórico e outro na praça do meio do centro histórico. Ambos valem muito a pena a visita. Não se esqueçam que a Polónia consegue ser ainda mais fria do que a Alemanha pelo que aconselho levarem agasalhos. Mais informações aqui.

Cracóvia – também tem um mercado óptimo. Uma vez que o visitamos depois de vir de Auschwitz a moral não estava lá mas sem dúvida que merece uma visita. Mais informações aqui.

Não se esqueçam, esta lista não é dos melhores mercados de Natal, mas sim daqueles que já tive oportunidade de visitar. No reino unido por exemplo existe outro que ainda não tive oportunidade de visitar e que é super conhecido, em Winchester.

Este ano vamos visitar Salzburgo, na Áustria. Estou MUITO entusiasmada porque é a estreia nos mercados austríacos!

 

Viagens

Munique

Todos os anos o eu e o J. vamos a um mercado de Natal. Eu adoro Natal e nao há nada mais natalício do que mercados germanicos ou de inflieninf germaninc. Em 2014 o destino escolhido foi Munique, um dos destinos mais procurados por pessoas que querem conhecer mercados de natal. Não vou mentir, a viagem foi completamente planeada à volta de visitar os mercados da cidade pelo que não visitamos muita coisa. No entanto, indo no Natal ou não, aqui vai o resumo daquilo que a cidade tem para oferecer:

Palacio Nymphenburg – comeco pelo melhor! Este palácio de influência barroca servia de residência de verão aos governantes da Baviera. Hoje em dia está aberto ao público que pode aproveitar a arquitetura desta obra unica. Os jardins também merecem uma visita, não perca!

Tenha em atenção que este palácio não fica na zona central de Munique, terá de apanhar um autocarro/trama.

Custo da entrada:

1 Abril – 15 Outubro – 11.50 euros

16 Outubro – 1 Marco- 8.50 euros

2014-12-08 11.08.45-2014-12-08 11.08.55_00002014-12-08 11.32.08-2014-12-08 11.32.20_0000

BMW World – Diria que provavelmente é a atração mais conhecida e Munique. No entanto eu não ligou nada a carros e o J. não insistiu. Os amigos com quem fomos foram e segundo a I. “Tem a evolução dos carros e motas até à atualidade! Mas acho que tem mais interesse para os gajos!” Ou seja, eu não perdi nada em não ir!! A entrada custa 10 euros.

Odeonplatz – uma das principais praças de Munique, foi construída para causar impacto às pessoas quando entravam na cidade.

2014-12-07 12.51.57.JPG

Praça Max-Joseph – nesta praça podem ver o imenso teatro nacional de Munique.

Munique Rezidenz – aqueles que e o maior palacpa urbano na alemanAl foi a residência oficial dos duques e reis da Baviera. Hoje em dia é o museu de decoração de interiores.

2014-12-07 13.17.38.JPG

2014-12-07 15.10.58.jpg

Hofbrauhaus – só tem duas horas em Munique? Então vá a este restaurante. Tudo o que pensa sobre a cultura germânica, mais concretamente da Baviera irá encontrar aqui. Senhoras vestidas com corpetes colados ao corpo? ✅ Litros de cerveja servidos em canecas? ✅ Grupos com música ao vivo que fazem lembrar o José figueiras a cantar tirolês? ✅ Mesas corridas que vai ter de partilhar? ✅

Marienplatz – esta que é a principal praça de Munique, é onde fica o principal mercado de Natal. A arquitetura à volta da praca é fantástica, especialmente a câmara municipal e tenho imensa pena de todas as nossas fotos terem as barracas do mercado embora ganhem um novo charme!

2014-12-07 10.15.26

Mas a grande surpresa de munique e andar sem rumo. Entrar nas igrejas e catedrais, subir a torres para ver a cidade de cima, andar nas ruas sem rumo…

2014-12-06 22.24.182014-12-07 10.23.562014-12-07 09.29.522014-12-07 10.20.002014-12-07 11.04.022014-12-07 12.14.072014-12-07 10.46.342014-12-07 11.11.05-2014-12-07 11.11.14_0000

Nota: o mapa tem pontos que não estão na lista em cima. Alguns não tivemos tempo de visitar, outros não merecem destaque na lista em cima.

Viagens

Munique – Custos

Por norma viajamos sozinhos. Mas por vezes conseguimos partilhar viagens com amigos e família o que é óptimo para criar memórias e passar tempo de qualidade com aqueles que nos são mais próximos. E isso aconteceu en Munique, onde a I. e o G. viajaram de Portugal para passarmos uns dias juntos. Fomos em Dezembro de 2014 por duas noites\tres dias.

Aqui vai um resumo dos custos:

Voo- cerca de 100 libras por pessoa

Hotel- 55 libras por noite – ficamos no Aparthotel Adagio Access München City Olympiapark da rede de hoteis Ibis(um bocado no meio do nada mas com acesso fácil ao metro).

Custos transporte/comida/vários – 95 libras por pessoa.

Custo total – 250 libras por pessoa (a esta altura do campeonato já deu para perceber que não gastamos muito dinheiro se não for necessário, certo?)

2014-12-06 19.32.48.JPG