Uncategorized

Blog Vs Vlog

Sei que é estranho numa altura em os vlogs e os canais de YouTube estão a ganhar força eu ter apostado num formato escrito. Existem várias razões para o ter feito. A primeira e o facto de eu não escrever este blog tendo em vista fazer dinheiro com ele. O blog renasceu porque os amigos estão sempre a pedir dicas de viagem. E eu adoro dar dicas, falar sobre viagens, mas passado uns anos já não me lembro de tudo, o que é uma pena. E recorrer aos itinerários que fiz na altura embora ajude não resolve a 100%.

O segundo motivo e porque eu gosto de escrever. Sempre gostei. Para mim escrever é como uma catarse. O meu cérebro anda sempre a mil e escrever é das poucas coisas que eu consigo fazer em que consigo focar-me durante bastante tempo. Por vezes escrevo 3 ou 4 posts por dia, só porque necessito de desviar a minha cabeça de algum problema. E escrever pode ser feito em qualquer lugar, enquanto que filmar não, necessita que se carregue o equipamento, se tenha minimamente um guião, para além de ser muito mais intrusivo.

Outra razão e o facto de eu viver fora de Portugal. Sempre me chateou (mas compreendo) que as pessoas ganhem sotaque, que as construções das frases fiquem esquisitas. E eu comecei a ficar assim. Embora ainda não tenha sotaque a falar, as quase 10 horas por dia que passo a falar inglês estão a fazer com que me esqueça de vocabulário, ou que use palavras esquisita porque tenho dificuldade em me lembrar da palavra adequada e uso uma tradução literal. Para além das palavras que já inventei. E escrever é ótimo para praticar. Tenho plena noção que há muitas frases que gramaticalmente são um desastre de deixar Camões a rebolar no túmulo, facto pelo qual peço desculpa. Também se junta o facto de quando saí do país o acordo ortográfico estava a entrar em vigor mas ainda não era obrigatório, por isso é que vêm por aqui uma misturadela entre palavras com e sem o novo acordo ortográfico.

E a última e simples, embora eu seja consumidora de conteúdo no Youtube (sim, já faço parte do grupo de pessoas que gasta menos de 5% do tempo a ver televisão generalista) eu gosto de ver informações escritas. Embora veja sempre vlogs sobre os locais onde vou é o formato escrito que eu mais uso para planear viagens.

Viagens

Cuba – Custos e impressões

Cuba fazia parte da wish list há muito tempo. No entanto acabamos por marcar por razoes bem diferentes das que tinha pensado. 2018 foi um ano puxado profissionalmente. Eu tive mais projetos profissionais que nunca, o J. foi promovido o que significou dias de trabalho ainda mais horas. Assim Cuba entrou no plano de viagens para descansarmos. Assim se procuram nestes posts informação cultural, posts sobre historia, o dia a dia dos cubanos lamento, não vão encontrar.

Passamos uma semana em Cuba apenas para puro descanso. O hotel foi escolhido a dedo, ficamos no Pestana Cayo Coco. As razoes pela qual escolhemos este hotel foram simples: preço, terem restaurantes a la carte e ser uma cadeia portuguesa. No entanto a ultima razão saiu-nos super furada porque um mês antes de voarmos o hotel foi vendido ao grupo Gaviota que pertence ao governo.

Impressões da viagem? Aqui vão:

  • Os cubanos são provavelmente as pessoas mais simpáticas que já conheci. Não simpáticas com interesse em gorjetas, pareceram-me genuinamente simpáticos!
  • Resorts deste tipo não são a minha cena. Zumba a beira da piscina, Karaoke, musica a toda a hora do dia e da noite não são de todo o que gosto. Prefiro a minha paz e sossego
  • O comunismo e a presença do governo são mais fortes do que já vi na minha vida. Eles detêm a maior parte dos hotéis no pais, autocarros, empresas de aviação, ate a empresa onde fizemos a experiência de catamaran
  • Internet não e’ de facto muito fácil de ter
  • O sistema monetário e’ complexo de perceber mas como não saímos do Cayo Coco não existe moeda local, por isso ficou tudo mais fácil

E agora os custos:

– Voo + Hotel com tudo incluído – £720 por pessoa

– Parque – £ 66.60

– Dia no Catamaran – £90 por pessoa

– Internet – £4

– Gorjetas – £10

– autocarro praia pilar – £10

– sounvenirs – £27

Total: £1737 ou £863.5 por pessoa por 7 noites

20190117_160720.jpg

Viagens

Listas de viagem – Checklist

Sou uma pessoa que vive de listas. Uso apps para me ajudar a organizar a minha vida pessoal e profissional. E, como tal uso também listas para viagens. A minha checklist de viagens foi construída há bastantes anos e foi adaptada ao longo dos tempos. Acima de tudo quando construírem a vossa checklist de viagens pensem que não é algo estático, cada viagem tem as suas características e, como tal precisam de mais ou menos coisas.

Mas aqui vai a minha checklist:

Documentos

  • Passaporte
  • Cartão Cidadão
  • Boletim de vacinas do viajante
  • Dinheiro Levantado
  • Revolut / Cartao de Credito
  • Cartoes de Embarque
  • Reservas de Hotel
  • Outras reservas: tours, transfers, aluguer de carros, etc

Roupa

  • Calças/calções
  • Tshirts
  • Casacos
  • Sweat
  • boxers/cuecas
  • Meias
  • Soutien
  • Camisolas interiores
  • Pijama
  • Sapatos/Sapatilhas
  • Fato de banho

Electronica 

  • Carregador Telemovel
  • Cabos
  • Headphones
  • Power Bank
  • Selfie Stick
  • portatil+carregador
  • adaptadores
  • maquina fotografica+carregador+lentes+baterias extra
  • Tablet
  • carregador isqueiro

Cremes

  • Desodorizante
  • Perfume
  • Shampoo
  • Gel banho
  • Pasta dentes+escova
  • Maquina barbear
  • Escova cabelo
  • Cremes

Outros

  • Papel e Caneta
  • Comprimidos
  • Oculos de Sol
  • Lenços de Papel
  • Livros/Mapas/Itinerario

agenda-calendar-checklist-3243.jpg

Viagens

Priority Pass

Passo muito tempo sentada em aeroportos. Apanho imensos chás de cadeira em atrasos, escalas e esperas. E, como tal, há uns anos decidimos dar um upgrade as nossas viagens indo por vezes para lounges. Nem sempre o fazemos, depende do aeroporto, da altura do dia, de quanto tempo falta. Mas como não viajamos em primeira classe (nem pouco mais ou menos…) tivemos de procurar alternativa. Existem lounges de acesso “livre” em quase todos os aeroportos. Livres não de preço claro mas sim de não ser necessário ter um bilhete de primeira classe para aceder. Para aceder a estes lounges pode marcar com a sua agência de viagens, através de sites como o holidays extra ou, como nós fazemos, aderir a um esquema de fidelidade de lounges. Atualmente fazemos parte do Priority Pass, o maior programa independente de aceso a lounges, dando acesso atualmente a mais de 1200 lounges no mundo todo.

Este programa tem três diferentes modalidades: standard, standard plus e prestige. O standard custa £69/€89 por ano e tanto o titular como o convidado pagam £20 para entrar no lounge. O standard plus custa £189/€259, inclui 10 entradas em lounges para o titular do cartão e o convidado paga sempre £20 para entrar. O Prestige custa £339/€399 por ano, o titular do cartão tem entradas ilimitadas e o convidado paga £20.

Nota: se quiserem aderir digam que eu tenho aqui por casa uns vouchers de 10% de desconto, não ganho rigorosamente nada com isso! Na altura da black friday também costumam ter descontos.

handing-off-priority-pass-card-f942dcbe-97ba-457a-9389-4a80dcae6cab.png
Imagem retirada do site do Priority Pass
Viagens

Mozart e Salzburgo

Quando se começa a ter algum interesse sobre visitar a Áustria, e principalmente Salzburgo o nome Wolfgang Amadeus Mozart irá certamente fazer parte das suas pesquisas.

Nascido em Salzburgo em 1956 mostrou desde cedo ser um prodígio como compositor. Wolfgang e a sua irmã conecaram cedo a atuar juntos para a realeza europeia. Durante a sua vida escreveu mais de 600 obras vem a falecer em Viena no ano de 1791. A sua vida estará para sempre associada a cidade de Salzburgo pelo que e possível conhecer muito da sua vida e obra quando visitar esta cidade.

Praça de Mozart

Situada do lado histórico da cidade esta praça onde no natal se situa a pista de gelo é o unico local que podera visitar de forma gratuita. E também nesta praca que se situa o posto de turismo para onde poderá comprar bilhetes para recitais com a obra de Mozart. Não é o único sítio onde pode comprar bilhetes mas foi onde nós compramos.

20181208_15354420181208_154818

Mozart Birthplace – este local, onde vivia a família Mozart quando Wolfgang nasceu é um dos dois locais na cidade onde se pode conhecer a vida e obra do compositor.

Está aberto todo os dias das 9 até às 17:30 e custa 11€

2018-12-08 16.25.10.JPG

Residência de Mozart – quando a família cresceu o pai de Wolfgang decidiu que estava na altura de se mudarem para um apartamento mais espaçoso. O edifício original foi destruído durante a segunda guerra mundial mas foi posteriormente reconstruído e está agora aberto ao público. O espaço conta com instrumentos originais da família e conta a história da família Mozart.

Também está aberto todo os dias das 9 até às 17:30 e custa 11€

Concertos e Recitais – existem por toda a ckdade. Nós compramos o nosso no posto de turismo e pagamos 22€ por pessoa. Na verdade não achei nada de especial mas creio que era porque estava mega cansada.

20181208_191427.jpg

 

 

Viagens

Mercados de Natal em Salzburgo

Já e’ tradição para nos irmos a um mercado de Natal por ano. Ja falei mais sobre este tema tanto que ate criei uma tag. Este ano foi Salzburgo o escolhido. Foi a nossa estreia em mercados austríacos e a minha opinião e’ “meehhhh”. O mercado e’ bom, sem duvida, mas e’ concentrado em três praças adjacentes e estavam la MILHARES de pessoas, pelo que a experiência não foi assim tão boa… Por outro lado tinham coros a cantar durante quase todo o dia o que transforma sempre qualquer ambiente!

2018-12-08 11.39.36-1.jpg

Entao em resumo, o mercado de Natal pode ser encontrado na Domplatz e na Residenzplatz.

Na Mozartplatz podem encontrar a pista de gelo super animada.

20181208_153619.jpg

E claro, comida e bebida tipica de mercado de Natal nao e’ coisa que vos ira faltar!

2018-12-08 14.40.32.JPG

2018-12-08 14.32.01-1.jpg

 

Viagens

Salzburgo – o que ver, o que fazer, o que visitar!

A viagem de Salzburgo foi muito especial porque fomos com os primos do J. Tentamos fazer sempre uma viagem por ano juntos para passarmos tempo de qualidade juntos. Aproveitar a companhia uns dos outros e conversar teve prioridade em relação a visitar mais monumentos. Mesmo assim não deixamos de visitar os principais pontos da cidade. A parte boa de visitar uma cidade tao pequena e’ que fizemos tudo a pé!

Fortaleza de Hohensalzburg – este castelo medieval localizado no topo de uma colina em Salzburgo e e’ onde conseguira ter as melhores vistas sobre a cidade. Neste castelo medieval encontrará também museus sobre a história de Salzburgo, capelas, e salas historias. Para chegar la a cima basta apanhar o funicular e poupar as pernas.

20181208_135931.jpg

Praça Chapter– esta praça e’ principalmente conhecida pela estátua da bola dourada gigante com uma pessoa no topo

2018-12-08 11.46.18_2018-12-08 11.46.29-1_0000.jpg

Catedral de Salzburgo – esta que e’ a principal catedral de Salzburgo merece uma visita. Localizada na praça Domplatz a sua fachada ocupa um dos lados desta praça. E’ aqui em frente e na praça ao lado (Residenzplatz) que se situa o principal mercado de Natal da cidade

2018-12-08 11.41.06_2018-12-08 11.41.15-1_0000.jpg

Mozartplatz – E’ neste local que irá encontrar a principal pista de gelo da cidade e, claro esta, uma estatua de Mozart! Também e’ aqui que encontrará o posto de informações onde pode comprar bilhetes para recitais de música.

20181208_153544.jpg

Getreidegasse – esta rua estreitinha e’ a rua do comércio mais conhecida de Salzburgo. Os edifícios característicos, lojas de souveniers, cafés entre muitos mais podem ser encontrados aqui.

20181208_160613.jpg

Mozart’s Birthplace – localizada no número 9 da Getreidegasse, foi aqui que os Mozart moravam quando o filho Wolfgang Amadeus Mozart nasceu a 27 de Janeiro de 1756.

2018-12-08 16.25.10.JPG

Love Lock Bridge – Esta ponte e’ conhecida por ter milhares de cadeados que casais colocam aqui.

IMG_20181209_115859.jpg
Fotografia de L.P.

Mozart Residence – o museu de Mozart esta instalado no apartamento para onde a família se mudou quando Mozart era criança. O edifício foi parcialmente destruído durante a segunda guerra mundial e foi reaberto ao público em 1996. E’ um museu super interessante porque mostra não só a vida de Wolfgang Amadeus Mozart mas também da irmã, dos pais, da esposa e dos filhos. Alguns instrumentos musicais originais podem ser encontrados no museu.

Mirabell Palace – este palácio histórico fica também no centro histórico da cidade. O palácio e os seus jardins são património mundial da Unesco. E a melhor parte? Sao gratis!

 

 

20181208_124254.jpg
Vista de Fortaleza de Hohensalzburg sobre Salzburgo

 

 

Viagens

Salzburgo – impressões e custos

Desde que fiz um interrail (há quase 10 anos!) que queria ir a Salzburgo. A terra do Mozart e do música no coração despertou em mim um interesse muito grande mas por uma razão ou outra só conseguimos viajar para lá em dezembro de 2018, aproveitando os mercados de Natal.

A geografia da cidade é super interessante. A cidade é super plana mas rodeada de montanhas gigantes que dão a qualquer fotografia um fundo dramatico! A cidade faz-se muito bem a pe, sendo apenas necessário apanhar transportes de e para o aeroporto.

E, como habitual, aqui vão os custos:

Voo – £63.65 / 70.85€ por pessoa

Alojamento – £120.28 / 134€ pela noite

Autocarro de/para aeroporto –  £9.7 / 10.8€ por pessoa

Entradas em atracoes – £43.6 / €48.5 por pessoa

Comida – £51 / €56.3 por pessoa

Outros – £2.7 / €3 por pessoa

Total: £230.79 / €312.65

O total por dia passou a meta dos £100 por pessoa, pelo facto de ter sido só uma noite (mais dificidde diluir os custos dos voos)

20181208_124229.jpg

Dia a Dia

Ver a vida por um ecrã

Sou mega viciada em tecnologia. Ter sido introduzida ao mundos dos computadores ainda antes de ter entrado na escola e ter um pai geek fez com que sempre tivesse tendência para ser dependente de tecnologia. Nem vou dizer com que idade tive o meu computador, portátil, tablet, telemóvel porque seria vergonhoso e mais uma prova que o meu pai sempre me mimou muito (obrigada papá!!). Com o passar dos anos fiquei agarradissima em especial ao meu telemóvel. Tenho dificuldade em estar sozinha se não for agarrada a este dispositivo, sinto-me esquisita sem ele, vai comigo para todo o lado. O medo de perder algum momento é tal que olhar para o telemóvel é a última coisa que faço antes de dormir e a primeira depois de acordar.

No entanto há limites. Quando estamos com a nossa cara metade, familia, amigos… Quando vamos a um concerto, opera, bailado… Se quanto ao primeiro cenário não é preciso dar explicações e também eu já fiz muito isso, no segundo não conseguem imaginar a raiva que tenho. No sábado passado fui a um concerto e à minha frente estava uma tipa que não parava de publicar cenas no Instagram. Uma foto, um vídeo ou outro ok, mas constantemente??? Alguma vez pensaram que o brilho do vosso telemóvel pode estar a incomodar a pessoa atrás de vocês, desconcentrar, arruinar a experiência? Pois… Por isso a próxima vez que estiverem num concerto ou mesmo em família estejam presentes de corpo e mente. Da minha parte prometo fazer o mesmo esforço, combinado?