Viagens

Munique

Todos os anos o eu e o J. vamos a um mercado de Natal. Eu adoro Natal e nao há nada mais natalício do que mercados germanicos ou de inflieninf germaninc. Em 2014 o destino escolhido foi Munique, um dos destinos mais procurados por pessoas que querem conhecer mercados de natal. Não vou mentir, a viagem foi completamente planeada à volta de visitar os mercados da cidade pelo que não visitamos muita coisa. No entanto, indo no Natal ou não, aqui vai o resumo daquilo que a cidade tem para oferecer:

Palacio Nymphenburg – comeco pelo melhor! Este palácio de influência barroca servia de residência de verão aos governantes da Baviera. Hoje em dia está aberto ao público que pode aproveitar a arquitetura desta obra unica. Os jardins também merecem uma visita, não perca!

Tenha em atenção que este palácio não fica na zona central de Munique, terá de apanhar um autocarro/trama.

Custo da entrada:

1 Abril – 15 Outubro – 11.50 euros

16 Outubro – 1 Marco- 8.50 euros

2014-12-08 11.08.45-2014-12-08 11.08.55_00002014-12-08 11.32.08-2014-12-08 11.32.20_0000

BMW World – Diria que provavelmente é a atração mais conhecida e Munique. No entanto eu não ligou nada a carros e o J. não insistiu. Os amigos com quem fomos foram e segundo a I. “Tem a evolução dos carros e motas até à atualidade! Mas acho que tem mais interesse para os gajos!” Ou seja, eu não perdi nada em não ir!! A entrada custa 10 euros.

Odeonplatz – uma das principais praças de Munique, foi construída para causar impacto às pessoas quando entravam na cidade.

2014-12-07 12.51.57.JPG

Praça Max-Joseph – nesta praça podem ver o imenso teatro nacional de Munique.

Munique Rezidenz – aqueles que e o maior palacpa urbano na alemanAl foi a residência oficial dos duques e reis da Baviera. Hoje em dia é o museu de decoração de interiores.

2014-12-07 13.17.38.JPG

2014-12-07 15.10.58.jpg

Hofbrauhaus – só tem duas horas em Munique? Então vá a este restaurante. Tudo o que pensa sobre a cultura germânica, mais concretamente da Baviera irá encontrar aqui. Senhoras vestidas com corpetes colados ao corpo? ✅ Litros de cerveja servidos em canecas? ✅ Grupos com música ao vivo que fazem lembrar o José figueiras a cantar tirolês? ✅ Mesas corridas que vai ter de partilhar? ✅

Marienplatz – esta que é a principal praça de Munique, é onde fica o principal mercado de Natal. A arquitetura à volta da praca é fantástica, especialmente a câmara municipal e tenho imensa pena de todas as nossas fotos terem as barracas do mercado embora ganhem um novo charme!

2014-12-07 10.15.26

Mas a grande surpresa de munique e andar sem rumo. Entrar nas igrejas e catedrais, subir a torres para ver a cidade de cima, andar nas ruas sem rumo…

2014-12-06 22.24.182014-12-07 10.23.562014-12-07 09.29.522014-12-07 10.20.002014-12-07 11.04.022014-12-07 12.14.072014-12-07 10.46.342014-12-07 11.11.05-2014-12-07 11.11.14_0000

Nota: o mapa tem pontos que não estão na lista em cima. Alguns não tivemos tempo de visitar, outros não merecem destaque na lista em cima.

Viagens

Munique – Custos

Por norma viajamos sozinhos. Mas por vezes conseguimos partilhar viagens com amigos e família o que é óptimo para criar memórias e passar tempo de qualidade com aqueles que nos são mais próximos. E isso aconteceu en Munique, onde a I. e o G. viajaram de Portugal para passarmos uns dias juntos. Fomos em Dezembro de 2014 por duas noites\tres dias.

Aqui vai um resumo dos custos:

Voo- cerca de 100 libras por pessoa

Hotel- 55 libras por noite – ficamos no Aparthotel Adagio Access München City Olympiapark da rede de hoteis Ibis(um bocado no meio do nada mas com acesso fácil ao metro).

Custos transporte/comida/vários – 95 libras por pessoa.

Custo total – 250 libras por pessoa (a esta altura do campeonato já deu para perceber que não gastamos muito dinheiro se não for necessário, certo?)

2014-12-06 19.32.48.JPG

Viagens

Visto para a Rússia

Muito em breve vamos à Rússia (lembram-se deste posts sobre pacotes de viagem?) e pela primeira vez deparamo-nos com um sistema de vistos chatos. Já sabía que ia ser complexo mas nunca pensei que fosse tão chatinho e cheio de etapas (e caro!!!)

Tenham em atenção que tirei o meu visto em Londres, pelo que estes passos só se aplicam ao nosso caso, por favor verifiquem o que têm de fazer no vosso caso em concreto

1) Carta convite – para entrarem na Rússia não basta tem hotel e avião marcado, têm de ter esta carta de uma instituição ou pessoa a convidar-vos para irem lá. Se conhecerem alguém russo óptimo, se não então têm de pedir ao hotel onde vão estar (ou agência de viagens com quem marcaram) para vos dar este documento. Na verdade este documento não e’ nada mais do que uma forma de pagarem mais para terem o visto. E sim, tem de ter hotel marcado para ter o convite, mesmo sabendo que o visto pode nao ser aprovado, pelo que nao se esquecam de ver se o hotel que vao marcar tem este servico ou nao. No nosso caso vamos ficar no hotel Nevsky Breeze, e caso fiquem neste hotel podem pedir o convite aqui.

Pagamos € 39.05/ £ 35.21 pelo convite para os 2.

2) Visto – No Reino Unido o visto nao e’ pedido na embaixada mas sim no Russia Visa Application Centre. Nao e’ preciso marcar mas conte com pelo menos duas horas de burocracias. Esta parte pode ser complexa pelo que sugiro que facam com tempo. Tem de ir ao site , escolher o tipo de visto, preencher os dados (e sao muitos!) e imprimir os formularios. Atencao que na pergunta 11 (Host organisation you intend to visit) coloquem a entidade que emitiu o convite. Nao se esquecam que tem de tirar fotos tipo passe que tem de preencher certos requerimentos.

Nesta fase nao tem de pagar nada.

3) Ir ao Russia Visa Application Centre. Esta aberto todos os dias da semana e quando la fomos nao esperamos muito. Sao conferidos todos os documentos (nao se esquecam de levar o comprovativo de seguro de saude que e’ obrigatorio!), os formularios (do visto e a carta convite), o passaporte e as fotos. Nos levamos as reservas tambem mas ninguem nos pediu.

Pagamos € 180.01 / £ 161.4 pelo visto + taxas + entrega do passaporte (eu disse que foi caro!)

Basicamente pagamos 30 libras cada pelo visto + 38.4 libras cada um de taxas + 9.8 libras cada um para devolverem o passaporte + 5 libras porque tivemos de reimprimir os formularios!

4) Cerca de um mes depois irao receber o vosso passaporte pelo correio (quem escolher esta opcao) com o visto. No nosso caso fomos ao centro de vistos no dia 13 de Julho e recebemos os passaportes no dia 10 de Agosto.

20180810_151044.jpg

Viagens

Como sobreviver entre viagens

Não vou mentir, viajar é de facto uma das coisas que mais prazer me dá na vida. Se passar algum tempo sem o fazer sei que vou “passar mal”. Por exemplo, depois da viagem do Japão em junho a próxima viagem vai ser só em outubro. Isto não é normal acontecer mas usei muitas das férias no primeiro semestre e não encontrei grandes negócios durante julho, agosto e setembro (época alta) pelo que será uma época mais calma. Na verdade até marcamos um fim de semana prolongado fora mas se calhar vamos cancelar… Mas admito, não passo muito bem, fico triste, deprimida… Tenho muita dificuldade em aceitar passar muitos fins-de-semana em casa.

Aqui vão alguns truques que uso para ultrapassar esta fase:

  1. Escrever sobre a viagem – no meu caso escrevo aqui no blog. Para mim e’ super terapêutico. Ao rever as imagens, pensar nos textos sinto que estou ainda em modo viagem
  2. Nao desfazer a mala – admito esta e’ super preguiçosa, mas quem e’ bom a fazer isto e’ o J. que mês e meio depois de regressar do Japão ainda tem uma mala intacta. Mas a sensação das malas que não estão desfeitas fazem-me sentir ainda meia em viagem.
  3. Marcar viagens – sei que nem sempre e’ possível mas so pesquisar viagens a mim da-me imenso prazer.
  4. Comprar guias de viagem – eu faco coleção de guias de viagens dos sítios que vou, aproveito para os ler antes de ir de viagem
  5. Pesquisar sobre os destinos que vou visitar – ver os pontos que quero ir, pesquisar sobre transportes publicos, ver videos no youtube, saber quais sao as comidas tradicionais, etc.

Nenhuma destas dicas vai resolver o problema mas espero que vos ajude tanto como me ajuda a mim 🙂

airplanes-airport-blur-322819.jpg

Viagens

Liverpool – The hard days hotel

Recentemente tive de fazer uma viagem a trabalho e fiquei num hotel super curioso. É raro fazer reviews de hotéis separados mas este mereceu. Situado mesmo no centro da cidade e quase encostado ao Cavern Club (sim, esse onde os Beatles se tornaram conhecidos) não podia ter outro tema que não os Beatles. Desde a recepção, aos corredores, salas de conferência, som ambiente, tudo está relacionado com os Beatles.

20180914_083315

Os quartos não sendo extremamente luxuosos são bastante confortaveis com camas enormes e montes de espaço para as nossas coisas. Fica uma dica, quando fizerem a vossa reserva peçam um quarto longe dos elevadores e virado para o pátio interno. Na primeira noite fiquei num quarto perto do elevador que foi um pesadelo. Mas a recepção foi fantástica e mudou-me para outro quarto (mais pequeno) que não tinha estes problemas.

O pequeno almoço é buffet e inclui um pequeno almoço inglês e opções de pequeno almoço continental.

Por isso se vao a Liverpool e querem ficam num hotel característico aconselho este sem dúvida!

 

Morada: Central Buildings, North John Street, Liverpool L2 6RR

Preço: entre 80 e 100 libras durante a semana, cerca de 300 libras à sexta e ao sábado.

Dia a Dia

12 a 12

Este ano cruzamos os anos… E este ano, pela primeira vez, nao estaremos juntos a comemorar. Apostar na carreira nem sempre e’ fácil e ter de abdicar de estar neste dia contigo foi algo que teve que ser, mas doeu. Mas como sempre, fizeste com que o meu trilho fosse mais fácil. Mais uma vez, deste-me a mão e disseste-me que tudo iria ficar bem. E eu sei que vai, apesar de o meu coração hoje estar bem pequenino porque não posso dormir no teu peito. Daqui a dois dias já estamos juntos.

This slideshow requires JavaScript.

Viagens

Companhias aereas – os extras escondidos!

Depois de ha uns meses ter escrito sobre as politicas de malas de mao, acho importante escrever sobre os extras que muitas vezes as empresas de aviacao escondem e as surpresas desagradaveis que podem encontrar. Tenham em atencao que isto e’ algo que esta sempre a mudar, pelo que este artigo pode nao estar actualizado quando o lerem.

British Airways – e’ provavelmente a que menos surpresas me deu, a par com a Ryanair.

  • Comida: Nao dao comida no aviao em voos na Europa, embora tenham um menu do Marks and Spencer. Creio que servem cafe, agua e cha de borla.
  • Check in pode ser feito 24 horas antes do voo. Pode escolher lugar
  • Mala: Nao pesam a mala de mao e nao me recordo de alguma vez me terem enviado a mala de mao para o porao.

TAP – a que mais dores de cabeca mais me deu depois de serem super agressivos sobre mandar a mala de mao para o porao. Como nos enervaram e apressaram o J. deixou la coisas importantes e a TAP fez o favor de perder as malas!

  • Mala: Pesam a mala de mao (e sao super rigorosos) e por vezes mandam malas de mao para o porao
  • Comida: servem gratuitamente comida e bebidas
  • Check In pode ser feito 36 hors antes do voo. Atencao que os lugares sao alocados pela TAP e nao podem ser mudados sem pagar.

Ryanair – embora seja a mais criticada e’ daquelas companhias que se perderem tempo a pesquisar um pouco sobre as condicoes da empresa dificilmente terao surpresas

  • Mala: tomaram recentemente uma medida super impopular de apenas deixar embarcar uma mala super pequena (40x20x25cm). A medida entra em vigor a 1 de novembro pelo que ainda nao sei se irão ser rigidos com tamanho e peso.
  • Comida: nao existem bebidas nem comida gratuitas
  • Check In pode ser feito 48 horas antes se nao se tiver pago para escolher lugar ou 60 dias se tiver escolhido lugar
  • Se quiser pode pagar para escolher lugar
  • Se nao pagar para escolher lugar os lugares sao atribuidos aleatoreamente e provavelmente nao ira ficar sentado do restante grupo
  • Se comprar check in prioritario as duas malas vao consigo mas nao pode escolher lugar, os dois servicos sao pagos a parte

Easyjet

  • So deixam embarcar uma mala de mao para bilhetes normais. Apenas clientes Flexi, Upfront, Extra Legroom e easyJet Plus podem levar uma segunda malade mao
  • Comida: nao existem bebidas nem comida gratuitas
  • Check in pode ser feito 30 dias antes do voo
  • So pode escolher lugar se pagar
  • Normalmente as pessoas do grupo viajam juntas (se comprarem bilhete juntos)

Wizzair – nunca voei com esta companhia aerea (conto faze-lo ainda este ano), no entanto sempre foi conhecida por ter a pior politica de mala de mao, no entanto isto mudou recentemente

  • Existem 3 tipos de bilhetes: Basic, Wizz Go e Wizz Plus. O que mais gostei e’ que em vez de ter de adicionar servicos extra um a um estes vem em pacotes. Por exemplo, se comprar o wizz go (que e’ o segundo mais barato) ja tem incluido uma mala de porao, garantia que a mala de mao vai consigo no aviao, priority boarding, escolher lugar, entre muitas outras vantagens (ver imagem em baixo). Achei super conveniente isto vir em grupos porque na Ryanair sinto sempre que vou pagar um balurdio cada vez que adiciono um servico extra.
  • Check in pode ser feito 15 dias antes do voo se tiver feito o upgrade do bilhete e tiver escolhido lugares. Se nao for o caso entao abre 48 horas antes
  • Comida: nao existem bebidas nem comida gratuitas
  • Existe um cartao de “socio” que custa 30 libras por ano e que da descontos no bilhete e na mala de porao. Comprei um voo recentemente com eles e o valor da anuidade era menor do que o desconto so nesse voo. Para alem disto ainda da para a pessoa que subscreve mais uma!Capture

Germanwings / Eurowings

  • Deixam duas malas de mao e nao me recordo de terem enviado alguma vez para o porao
  • Comida: dependendo do bilhete pode ter comida gratuita ou nao. Da ultima vez que voei com esta empresa compre um bilhete basico para os dois trajectos, num tive comida e no outro nao…
  • Check in pode ser feito 72 horas antes do voo
  • So pode escolher lugar se pagar creio eu (sou sincera, nao tenho a certeza…)
  • Normalmente as pessoas do grupo viajam juntas (se comprarem bilhete juntos)

KLM

  • Deixam duas malas de mao e nao me recordo de terem enviado alguma vez para o porao
  • Comida: bebidas e comidas incluidas gratuitamente
  • Check in pode ser feito 30 horas antes do voo
  • Pode escolher lugar (excepto lugares com espaco extra para as pernas, etc)
  • Normalmente as pessoas do grupo viajam juntas (se comprarem bilhete juntos)
Uncategorized

Actualizações no site

Isto estava a ficar um bocado confuso, principalmente na parte da pesquisa. Por isso pus a preguiça de parte e criei um menu. Para quem vem aqui para saber mais sobre um determinado destino tem agora a vida facilitada. Peço que tenham um bocadinho de paciência porque ainda necessita de alguns ajustamentos mas com tempo iremos la!

Criar este menu fez-me ter a nitida sensação que tenho de colocar a preguiça de lado e fazer posts sobre viagens mais antigas. Irei então ao bay das memórias tentar encontrar estás informações e colocar por aqui.

Viagens

Japao – Dicas Praticas (e o ultimo post sobre esta viagem!)

Uma viagem ao Japao e’ algo que tem de ser bem pensado. Infelizmente nao e’ um destino que se repita muitas vezes pelo que e’ importante ter em atencao o que quer incluir ou nao na sua viagem. Aqui vao algumas dicas que seguimos (ou que aprendemos com esta viagem):

  • Viaje com pouca bagagem – ira certamnte mudar de cidade e hotel varias vezes pelo que viajar leve sera muito importante. Existem lavandarias em quase todos os hoteis nao muito caras pelo que pode aproveita-las
  • Compre um cartao de dados – dificilmente se conseguira desenrascar sem internet fora de casa (ou mesmo que consiga ter internet fara com que a sua viagem seja mais rapida e menos complicada). Compre logo no aeroporto um cartao de dados (nao se esqueca de levar um telemovel desbloqueado. Tambem aconselho que compre numa loja (e nao numa maquina automatica) porque darao apoio caso nao funcione
  • Onsens – sao o equivalente as termas ou SPA’s. Normalmente paga-se por duas/tres horas e aproveitamos varias vezes, foi optimo para recuperar energias. Existe sempre uma zona de homens separadas das mulheres e prepare-se porque vai andar como deus o colocou no mundo 🙂 Pense pelo lado positivo, pelo menos nao tem de se preocupar em levar fato de banho. Atencao que nao e’ permitida a entrada de pessoas que tem tatuagens
  • Gorjetas – nao de, e’ considerado rude por la!
  • Filas – sao para ser respeitadas. Ha filas para tudo, para entrar no restaurante, na casa de banho e…. no metro!!
  • Regras – sao a base da sociedade japonesa. Por exemplo, nao fale alto no metro!
  • Respeite o outro – e’ provavelemente um dos valores mais altos no Japao. Por exemplo, encontrara imensas pessoas de mascara, nao para se protegerem a si mas os outros
  • Reserve comboios com antecedencia – em alguns casos (poucos porque aprendemos depressa) deixamos para comprar bilhete na altura e quando chegamos la ja estava esgotado. Se se sentir com sorte va na mesma para a plataforma, algumas das carruagens nao tem lugar marcado. Nos fizemos isso e deu certo
  • Ingles – o ingles nao e’ muito falado por la e mesmo as pessoas que parecem falar (por exemplo nas recepcoes de hoteis) na verdade so sabem algumas frases e nao sabem como reagir quando a conversa muda. Sentimos isso quando experienciamos o terramoto
  • Paciencia – tenha muita paciencia. Tenha nocao que esta do outro lado do mundo e porque determinada pessoa nao reage como nos nao quer dizer que esteja errado, e’ apenas a cultura deles.

2018-06-08 11.28.49.jpg

Viagens

Compras no Japao

Moro num dos paises mais consumistas do mundo. Casei com alguem que odeia compras. E no entanto tenho a dizer, perdemo-nos um bocado nas compras. Aqui vao algumas dicas:

  • Tax Free – utilizar tax free no Japao e’ muito mais simples do que em todos os paises que ja visitei porque o desconto e’ feito na loja. No entanto tenham em atencao que e’ apenas valido em lojas que anunciem que sao tax free, so e’ aplicado em compras superiores a 5,000 yens (cerca de 34 libras ou 38.5 euros). Tem de ir para a caixa dedicada a tax free. Nao se esquecam que tem de ter o vosso passaporte convosco
  • Uniqlo – gostamos bastante da Uniqlo e como estava a chover quando passamos em frente da flagship store decidimos fazer umas compras. Compramos bastante roupa, valeu muito a pena!
  • Daiso – o equivalente a loja dos 300 ou Poundland foi a nossa salvacao em imensas coisas, e compramos desde uma mini fita metrica, mini kit de costura, mascaras para os pes e maos, corta unhas, sei la mais o que. E’ uma cadeia espalhada pelo pais.

 

 

 

  • Produtos de beleza – ja deu para perceber aqui que AMO produtos de beleza. Comprei varias coisas, principalmente mascaras hidratantes para a cara (mais do que posso dizer aqui! 🙂 ), mascaras esfoliantes para os pes, e produtos de proteccao solar (ninguem bate os japoneses na oferta)