Uncategorized

Comprar segunda habitação em Portugal

Interrompo este interregno para ver se consigo ganhar coragem de voltar a escrever… Bem sei que os últimos dois anos foram duros para toda a gente e eu não sou exceção mas temos de voltar a renascer das cinzas.Acho que já falei aqui mas nós estávamos em Portugal quando o primeiro confinamento foi decretado em março de 2020. Aquilo que não disse na altura foi o motivo pelo qual, apesar de o mundo se esse estar a fechar, nós decidimos mesmo assim viajar. Sempre fomos aqueles que escolheram sair do país sem objetivo de regressar. Sempre fomos também aqueles que nunca quiseram juntar dinheiro para fazer a sua casa em Portugal. No entanto decidimos há uns anos (mais precisamente quando estávamos no Monaco em fevereiro de 2019) que iríamos começar a fazer investimentos. E assim sendo decidimos comprar um imóvel com destino a arrendamento.Posso dizer que passaram 21 meses desde que tivemos a nossa primeira oferta aceite e só agora assinamos a escritura. Os motivos foram vários mas não interessam muito.Tal como fiz um post sobre como comprar casa no Reino Unido achei que seria interessante contar aqui como é o processo de compra de imóveis para não residentes.Podem começar de duas maneiras, indo a um banco pedir proposta de crédito, ou começando a ver imóveis. Nós fizemos os dois de forma paralela.Depois de encontrarem o imóvel que pretendem façam a vossa oferta. Da forma como o mercado tem andado sinceramente não há muito espaço de manobra para preços pelo que não esperem pagar muito menos do que o preço anunciado.Para os empréstimos bancários, caso necessitem, não existem muitos simuladores para créditos de habitação não permanente pelo que nós decidimos fazer algumas simulações online e depois ir às agências pedir propostas. Não vou entrar em pormenores mas não esperem que todos os bancos vos respondam. Sinceramente o melhor que fazem é explorar a vossa rede de contactos e pedir a pessoas em específico. No nosso caso pedi a um grande amigo meu que trabalha num banco um contacto e ao gestor de conta da minha irmã. Só assim tivemos atendimento diferenciado e alguém que se interessasse pelo nosso caso.O passo seguinte é a assinatura do contrato de promessa de compra e venda. É expectável que nesta altura paguem um sinal pelo imóvel que normalmente vai de 5000 euros a 10% do valor do imóvel. Este documento protege as duas partes e normalmente dá um prazo máximo para a celebração da escritura. Esta foi a grande diferença entre comprar casa no Reino Unido e em Portugal porque em Portugal existe uma proteção da compra. Já agora, caso não saibam, caso o comprador desista da compra perde o valor do sinal, independentemente da razão, salvo se salvaguardar em contrato algum motivo. Se o vendedor desistir do negócio este tem de devolver o dobro do valor do sinal que recebeu do cliente.Em situações normais os processos de compra e venda em Portugal são muito rápidos, um a dois meses. O nosso foi mais complexo porque compramos em construção.Entre o contrato de promessa de compra e venda e a escritura vão estar muito ocupados. É nesta altura que recebem imensa documentação que têm de verificar, é feita uma avaliação do imóvel pelo banco, têm muitos documentos para assinar. A importância de ter alguém no banco claramente interessado no vosso caso fará a diferença entre o processo ser mais ou menos burocrático.No dia da escritura têm de entregar o restante valor da entrada, que normalmente nunca é menos de 20% (entre o valor pago na altura do contrato de promessa de compra e venda e na altura da escritura). É na altura da escritura que recebem a chave do imóvel. O último passo é registar a mudança do imóvel para vosso nome enviando um e-mail para as finanças.Algumas dicas MUITO importantes (algumas já repetidas acima):- sendo o imóvel uma habitação não permanente têm de dar pelo menos 20% do valor do imóvel como entrada (até ao ato da escritura)- o processo de compra e venda é, normalmente, rápido, 30 a 60 dias. A exceção é quando está em construção que foi o nosso caso- caso comprem em construção se puderem coloquem um prazo máximo. No nosso caso não pusemos e atrasou mais de um ano- nem todos os bancos são muito proativos e como processos de compra e venda que envolvam pessoas que não mora no país são mais burocráticos muitos bancos tenham fugir. Usem a vossa rede de contactos para conseguir alguém bom. Nós tivemos um anjo protetor que nos facilitou em tudo!- façam uma procuração para que alguém em Portugal possa assinar por vocês. Nós compramos este imóvel durante a pandemia quando era difícil viajar. Os nossos procuradores assinaram o contrato de promessa de compra e venda e nós só viemos para a escritura. Se não tiverem alguém de confiança podem pedir a um advogado para fazer isso por vocês- existem uma série de custos que vão ter de pagar durante o processo de compra e venda. Sinceramente, no nosso caso, foi o J que tratou disso pelo que não sei bem em que consistem mas recordo-me do valor de abertura de processo e da avaliação da casa mas há muito mais. – os impostos sobre habitações não permanentes são bastante mais caros. Recordo-me de os advogados durante a escritura estarem arrepiados pelo valor que íamos pagar tendo em conta que o imóvel que compramos não foi muito caro. O melhor site para fazer simulação é este https://www.doutorfinancas.pt/simulador-imt-2020/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s