Uncategorized

Itália – Capri, Costa Amalfitana, Pompéia e Nápoles – custos e impressões

Tive muita sorte em conseguir viajar antes da segunda vaga começar. Se é verdade que infelizmente não consegui ir a Portugal também é verdade que não me posso queixar tendo em conta o panorama internacional.

Aproveito para anunciar que provavelmente vou tirar uma pausa daqui do blog. Embora tenha reduzido a frequência de posts para um por semana não foi fácil criar conteúdo para um blog que fala principalmente sobre viagens quando “pouco” viajamos. Os planos do mundo saíram ao lado e os nossos não foram exceção. E mesmo as poucas viagens que fizemos não me apeteceu escrever sobre elas logo, o que mostra que estamos de facto em momentos estranhos. Todos nós precisamos de pausas e eu, apos escrever consistentemente durante três anos, preciso dessa pausa. Se isso chegar a acontecer aviso por aqui e ira depender principalmente se voltamos a conseguir viajar ou nao.

Vamos então voltar a viagem!

Visitamos Itália no final de Agosto/início de setembro durante uma semana (8dias /7 noites). Como sabem adoramos Itália e tentamos ir todos os anos e explorar uma nova parte deste país. Todos os posts sobre Itália podem ser encontrados aqui.

Este voo, assim como quase todos os outros até ao final do ano, foi marcado à última da hora para garantir que o governo do reino unido ainda autorizava viagens para esse país sem quarentena no regresso.

Passamos uma semana a explorar a Costa Amalfitana, Capri e Nápoles. Adoramos cada bocadinho e recolhemos bastantes dicas que gostaria de partilhar por aqui:

  • A Costa Amalfitana é caríssima para ficar. No entanto podem escolher um hotel que fique do outro lado da encosta e sensivelmente a meio do percurso para não terem problemas. Nós ficamos no Resort Sant’Angelo & SPA que se revelou uma escolha perfeita na localização, não só porque tivemos acesso a todos os sítios que queríamos sem mudar de hotel, como tivemos acesso a restaurantes locais com preços fantásticos e não estivemos no meio da confusão. Assim pudemos fazer escolher um hotel de 4 estrelas sem rebentar com o orçamento
  • Capri foi, tal como esperava, uma desilusão. Claramente que quem faz férias em Capri fa-lo por dois motivos: é famoso (ou quer ser) ou quer ver famosos. Há os terceiros, como eu, que vão ao engano. Pessoalmente preferi Anacapri
  • A costa amalfitana é de facto de cortar a respiração
  • Não é nada fácil fazer praia nesta zona, nós desistimos e usamos os fatos de banho apenas no hotel
  • Nápoles tem uma péssima fama, nós fomos só de dia e não tivemos problemas nenhuns

Por fim aqui vão os custos. Uma vez que o voo foi uma remarcação de um voo cancelado da easyJet não posso representar os custos de forma correta pelo que apenas vou listar os custos e não vou fazer a análise habitual.

Hoteis – 374 pelo hotel na costa amalfitana e 65 euros pelo hotel da última noite junto ao aeroporto

Aluguer Carro – 165 euros

Comida – 1100 euros (digamos que não nos privamos nunca 🤣🤣)

Combustível – 50€

Parques estacionamento – 48€

Barcos, autocarros, teleférico -113€

Entradas em atrações – 54€

Outros – 104.2€

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s