Dia a Dia

Os 30

Cada década é importante no desenvolvimento de todos nós. Nos primeiros dez anos crescemos a brincar, no dez anos seguintes crescemos a achar que somos crescidos, nos vintes crescemos a formar a personalidade mas aos trinta sim! Os trinta trouxeram-me a calma. Não sobre a vida porque continuou a criar vendaval por onde passo, mas calma na alma. Nos trinta percebi que não sei se alguma vez vou querer ter filhos e que isso é normal. Nos trinta descobri que não preciso de me dar bem com toda a gente. Nos trinta descobri que tenho amigos daqueles de quem gosto tanto ou mais do que família. Nos trinta descobri que ainda se pode ter borboletas no estômago quando o amor de mais de uma década chega a casa. Nos trinta descobri que a minha família é o meu pilar e que isso é muito bom. Nos trinta descobri que o coração é elástico e que conseguimos lá meter toda a gente que queremos. Nos trinta percebi que a família que adotei (e que me adotou) é muito importante para mim, com todos os seus apêndices.

Fiz coisas aos vinte que nunca conseguiria fazer aos trinta. E ainda bem que as fiz, foram elas que me deixaram chegar onde estou.

Mas esta década está a ser tão saborosa, e ainda tenho mais de seis anos para a viver!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s