Viagens

Mónaco

Peço desculpa pela interrupção nos posts sobre a viagem a Cote d’Azur mas faltavam umas fotos. Este post e o próximo encerrarão a viagem.

Oobjetivo deste fim de semana prolongado era visitar o Mónaco, país 47 (mas quem é que está a contar? 🤣). Todos nós ja ouvimos falar do Mónaco por vários motivos. Seja pela família real, pela fórmula 1, o circo monte carlo ou pelas festas nos iates, o Monaco representa luxo, festas, riqueza. E como esperávamos o Mónaco é caro. Sabia disso há muito e quando tentei marcar hotel reforçou que esta ideia (uma das razões pelas quais ficamos em Nice).

Para chegar ao Monaco através de Nice tem duas opções: comboio (que demora cerca de 30 minutos) ou autocarro número 100 que parte do porto de Nice e demora cerca de uma hora e meia. Existem vantagens e desvantagens em utilizar cada um destes transportes. O comboio custa cerca de 4 euros, é mais rápido, passa a cada meia hora e tinha lugares vazios. O autocarro custou 1.5 euros, passa a cada 15 ou 20 minutos, tem uma vista panorâmica sobre a cote d’azur, MAS estava tão cheio que estivemos uma hora e meia em pé. Apesar de termos tido sorte porque conseguimos um espaço a janela (não se esqueçam de ficar do lado do mar) se não fosse assim não tinha válido de todo a pena. Uma hora e meia em pé depois de vários kms nas pernas para ver a vista não vale mesmo a pena…. E o autocarro acaba num sítio em Nice que ficava a mais de 20 minutos a pé do nosso hotel. Veredito? Comboio é melhor.

E então o que fazer no Monaco? Na verdade não contem com dias e dias de coisas para fazer. Mesmo entrando em museus e no casino (que não fizemos) um dia vai dar mais do que tempo para verem este país.

Comecem então pelo porto do Mónaco. Virados para o mar comecem a caminhar para vossa direita à volta da marina. Tirem várias fotos, vejam os iates. Quando chegarem mesmo ao final comecem a subir para o forte Antoine para verem as vistas. Parem várias vezes nas plataformas para tirarem fotos panorâmicas da zona da marina.

Quando chegarem ao topo continuem em frente, passem o museu oceanográfico (entrem se quiserem) e passem pela catedral de São Nicolau. Entrem no bairro a esquerda da catedral onde podem aproveitar para almoçar se for hora disso.

2019-02-16 13.05.32_2019-02-16 13.05.35_0000.jpg

Virem algures no bairro a esquerda para chegarem ao palácio real e ao jardim exótico. Do lado direito do palácio têm mais uma plataforma para torarem fotos à cidade. Entre este observatório e o palácio vão encontrar um arco, passem-no para iniciarem a vossa descida à zona da marina.

No final da descida irá encontrar uma praça. Aqui existe um mercado com imensas opções para almoçar, caso já não o tenha feito. Continue de volta a marina e dirija-se a zona de Monte Carlo. Comece a subir e veja a ópera, o famoso casino e o jardim japonês. Finalmente terminei na famosa curva. Este é um óptimo spot para admirar as dezenas de Ferraris, Lamborghinis, Porches e outros super carros que habitam esta cidade. Por fim terminem a visita no jardim japonês, um oásis no meio da selva de betão!

NOTA: verifiquem se no Mónaco está coberto pelo vosso plano de internet. Eu não estava e nao reparei e a brincadeira ficou-me por quase 50 euros em internet. Mas não choremos sobre leite derramado!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s