Dia a Dia, Viagens

Weekend Breaks

Muita gente acha que somos loucos porque fazemos imensas viagens de fim de semana. Sair mais cedo a sexta, correr até ao aeroporto, apanhar um avião, andar quilómetros sem fim, dormir num hotel, regressando no domingo, apanhando outro avião, conduzir, chegar a casa às 23 (ou 24h, ou 1, ou 2). Perguntam-nos como aguentamos o ritmo, começar a semana mais cansados do que quando acabamos.

A verdade é que eu preciso destas pausas. Estes dois dias que passamos noutro país, a conhecer um novo destino, são como pão para a boca para mim. Tenho um trabalho exigente. Trabalho sempre a 110% (e não, não estou a ser convencida, isto é me dito constantemente), dedico-me ao meu trabalho de forma quase irracional. Mas quando viajo tudo isto fica para trás. Os problemas, os budgets, as vendas, o footfall (desculpem quem não é da área!). Tudo isto fica fechado num compartimento durante o fim de semana. E estas pausas, que são muitas vezes de menos de 48 horas, sabem-me a semanas de férias.

E depois há o facto de eu e o J. passarmos 48 horas dedicados um ao outro. Não há televisão, livros, almoços com família, só existe ele e eu. Durante a semana, apesar de não termos filhos, a rotina instala-se. Há o ginásio, os jantares, arrumar a casa, organizar o dia a dia, um pouco de televisão ou de leitura e são horas de dormir. Mas nestas viagens vivemos um para o outro, os dedos entrelaçados, conversas a olhar no fundo do olho do outro, perceber o que está bem, o que precisa de ser corrigido. Planear o futuro, onde vamos poupar, onde queremos investir. Tudo isto é feito em viagem…

Escrevo este post mim domingo a noite a regressar de Bologna (posts sairão no blog daqui a umas semanas) e tive de fazer um esforço mental para me lembrar onde estacionei o carro na sexta feira, há dois dias atrás! Porque a minha cabeça acha que sexta feira não foi há dois dias atrás mas sim há uma semana. Porque quando eu desligo, desligo mesmo. E sim, é cansativo. Sim, quando marco os voos nunca penso nisto, mas há vezes que não me apetece ir. Mas vou, mas vamos. Mesmo que amanhã me custe muito levantar. Mesmo que precise da dose de cafeína que não devia beber. Mesmo que amanhã me deite as 21. Vale a pena, vale sempre a pena. Porque estas pausas me dão toda a energia que preciso para aguentar o meu trabalho tão exigente…

3 thoughts on “Weekend Breaks”

  1. Aproveita bem essa energia, nao dura para sempre! 😉
    Sempre viajamos bastante, em familia ou a dois, de carro ou avião, e se antes nao tinhamos problemas em sair as 3h da manha da cama para ir apanhar um aviao, agora sair da cama antes das 5h está completamente fora de questao. E o mesmo vale para voos tardios no regresso. Hoje em dia, para nós, menos é Mais! 🙂

    P.S. No outro dia vi um voo no Skyscanner que não aparecia quando fui directamente à companhia aerea. Acabei não marcando pois fiquei com receio, era num site que nunca usei. Já te aconteceu? Se sim, achas q podes fazer um post sobre isso?
    Beijinhos

    Like

    1. Ola Marshmallow!

      As vezes custa sem dúvida, mas como dormimos no aviao acabamos por compensar.

      Nunca me aconteceu uma dessas mas ja nao e’ a primeira vez que ouço falar. Eu creio que e’ porque o voo está cheio mas o skyscanner ainda não atualizou mas não tenho a certeza.

      beijinho

      Like

      1. Sim, era isso. ☺ O meu receio era precisamente Overbooking. Eu estava a tentar um voo de regresso que eu sabia existir para um Domingo ao fim da tarde para daí a 2 noites.

        Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s