Dia a Dia

Emigrar é difícil?

Decidimos sair do país há mais de 5 anos. Na altura pareceu uma loucura principalmente porque a palavra emigrar tem uma conotação muito negativa. Emigrar, na cabeça de quem fica implica aceitar um emprego abaixo da educação que se tem, viver um ano sem ver a família, fazer sacrifícios infinitos. Mas a realidade para mim foi bem diferente. Em 2018 por exemplo vi a minha família 7 vezes. Sim, em média mais do que 1 vez a cada dois meses. E não foi um almoço rápido que normalmente se tem uma vez por mês em casa dos pais. Foram dias a fio de convivência, almoços, jantares, passeios. E a vida no Reino Unido é exatamente igual à que tínhamos em Portugal: casa, trabalho, jantares com amigos, cinema, compras, viagens. Por isso cada vez que as pessoas nos perguntam como é a vida por aqui eu respondo: igual à vida daí. E não é por mal, é a mais pura das verdades. Claro que há diferenças, temos um emprego onde as pessoas se sentem agradecidas porque aceitamos trabalhar para elas e não nos tratam como escravos, temos dinheiro para fazer outras coisas mas a essência da vida está la… Vamos ao supermercado, tal como íamos em Portugal, vamos a concertos, tal como íamos em Portugal, ficamos presos no transito tal como acontecia em Portugal.

Falo com os meus amigos que estão em Portugal com mais frequência do que quando lá morava, vejo amigos com mais frequência, combino viagens com a família e amigos para destinos fora de Portugal… Sei que sou sortuda mas caramba, a sorte da muito trabalho!

Ha umas semanas atras falava com uma amiga minha que so em situacoes muito concretas e’ que sinto que nao moro em Portugal. Quando, por exemplo, vou a um musical a Londres ao final do dia. Como moro fora de Londres e cada vez mais me aborrece a confusao (nao se esquecam, sao 10 milhoes de pessoas) cada vez menos vou a Londres, ou quando vou normalmente e’ a trabalho. Mas ha dias, quando por exemplo saio de Waterloo e me deparo com o Big Ben ou o London Eye que me apercebo que de facto nao vivo em Portugal. Falar ingles tornou-se parte da minha essencia, e’-me tao normal ter uma conversa na minha lingua materna como na do pais que me acolheu pelo que nao noto… Simplesmente nao noto. Claro que custa nao estar ai quando ha aniversarios, quando alguem esta doente. Mas por acaso estive em Portugal quando o meu pai foi operado, fui eu que o levei e trouxe do hospital, que cuidei dele. Vou estar este ano em alguns aniversarios, mas tal como quando vivia em Lisboa, nao vou estar em todos. Para o ano a minha irma tem um aniversario especial (20! cof, cof) e certamente nao irei faltar! E eles sabem que estamos aqui, que podem sempre contar connosco. Londres conta com mais de 20 voos por dia, o Porto quase 10, nunca faltamos a um casamento por falta de voos!

4 thoughts on “Emigrar é difícil?”

  1. Ola Joana.
    Fiquei na duvida se deveria comentar este post, visto ser um relato pessoal.
    E Sinceramente acho que a resposta varia muito de pessoa para pessoa, e da experiencia pessoal de cada um.
    Sem dúvida que emigrar tornou-se muito mais simples nos dias de hoje. No entanto nos muitos anos que já cá levo, tenho encontrado varios portugueses, de varias esferas sociais, alguns que já cá estão há mais de 20 anos e que já eram nossos amigos muitos anos antes de se quer colocarmos a questão de ir viver para o UK. E numa coisa todos são unanime: se tivessem as mesmas condições de trabalho em Portugal que têm aqui, nenhum estaria cá. Todos preferiamos estar nos nossos paises de origem. Emigrar é dificil? Para mim é! Se a minha vida é melhor ou pior do que em Portugal? É seguramente diferente!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s