Uncategorized

Mykonos

Mykonos estava na lista dos sonhos, mas mais em baixo. A fama das festas na praia e do excesso de álcool que tem fez com que não me atraísse assim tanto. Mas Santorini fica logo ali e eu o voo de regresso ficava substancialmente mais barato de la pelo que decidimos dar um saltinho.

Tal como Santorini a estadia em Mykonos fica carota. Como não queríamos deixar la meio ordenado optamos por ficar mais fora da vila de Myknos e embora a caminhada fosse dura (uns 20 minutos sempre a subir) o que poupamos foi muito!

Decidimos então ficar no Margie Mykonos hotel e não nos arrependemos nem por um bocadinho. A vista da piscina sobre o porto era fantástica e tinha um pequeno almoço como poucos que já experimentamos.

2017-09-17 19.20.39_2017-09-17 19.20.55_0000.jpg

Quanto ao que fazer sou sincera, não saímos de Mykonos. Tinhamos planos de ir visitar a ilha toda, alugar uma moto como fizemos em Santorini mas os planos não saíram do papel. Assim de manha ficamos na piscina a aproveitar o optimo tempo, na hora do calor descíamos ate Mykonos onde ficávamos ate jantar.

A vila de Mykonos, tal como Oia tem muitos pontos fotogénicos, tais como as ruas estreitas com chao pintado, as casinhas com escadas estreitas, a baia, as esplanadas sobre o mar e os moinhos. Por isso andem muito, sem rumo, aproveitem todos os cantos para tirar fotos, parem em todas as esplanadas para aproveitar o bom tempo, como disse o J. não há mas fotos em Mykonos!

Uncategorized

Santorini

Como disse aqui esta viagem foi um sonho tornado realidade. E embora muita gente me tenha tentado desanimar lamento mas não conseguiram. Sim, e’ verdade que e’ muito cara, sim, e’ verdade que está sempre muito cheia, sim, e’ verdade que so uma pequena parte da ilha tem aquele ar fotogenico mas eu já sabia disso e como tal não me desiludiu. E embora não seja muito de repetir destinos este repetiria sem pensar!

2017-09-14 11.56.25.jpg

Primeiro que tudo, algumas dicas. Os hotéis são caros. Alias, são carissimos! Se querem ficar mesmo em Oia preparem-se para pagar na boa cerca de 150 a 200 euros por noite. Mas a estadia não tem de ser uma barreira entre vocês e Santorini. Existem algumas maneiras de contornar esta questão. Porque não ficar em Fira, que fica a cerca de 20 minutos de autocarro de Oia? Ou porque não ficar mesmo a entrada de Oia, mas não na rua principal? Foi pela segunda opção que decidimos ir, ficamos no hotel Anemolinos, mesmo a saída de Oia. Não contem com quartos super luxuosos mas contem com a simpatia das pessoas e uma piscina com vista para um dos melhores pôr do sol que já vi. Como bónus podem tomar pequeno almoço no restaurante do hotel e fazer as vossas refeições por la. Depois de termos quase deixado um rim num bar para tomar o pequeno almoço em Oia percebemos rapidamente que o nosso hotel tinha um ótimo compromisso entre preço e qualidade. E acima de tudo pensem que estão na Grécia, tal como em Portugal não se come mal por aqui!

No que diz respeito ao que fazer em Santorini não tem muita ciência sinceramente, mas aqui vai:

  • Oia – Caminhem muito pela vila. De dia e de noite, pela rua principal e pelas vielas, escada acima e escada abaixo, tudo com calma. Parem, apreciem a sorte que tem e estar num dos locais mais bonitos do planeta. Tirem fotos, muitas fotos!
  • Façam a caminhada de Fira a Oia (ou ao contrário, na verdade tanto faz!). São 11 km de subidas e descidas pelo que levem água (só há um café a meio mas pode não estar aberto), não há fontes, nada, pelo que não se esqueçam!
  • Visitem Fira! Claro que a capital da ilha não e’ tão charmosa mas também merece ser visitada
  • Comida – A comida e’ caríssima em Santorini mas no restaurante do nosso hotel era super acessível (30/40 euros por refeição para os dois). E não tenho de relembrar quão boa a comida grega e’!
  • Aluguem uma mota e percorram a ilha. Mesmo que não tenham nenhuma experiência de condução na verdade só precisam de uma dose de loucura! Se não se sentirem muito confortáveis aluguem um carro, mas percorram a ilha, vale muito a pena
Uncategorized

Grecia – Santorini e Mykonos – Custos

Sempre que me lembro de ser gente que queria ir a Santorini. Para mim seria o pinaculo das viagens, aquela que nunca conseguiria fazer. E’ caro voar para la, ficar em Oia (que se pronuncia Ia) e’ um balúrdio e sempre que pesquisei acabei por optar por outras opções mais baratas e Santorini ficou para segundo plano. Mas em Setembro de 2017 chegou a altura de concretizar o sonho. Mykonos acabou por se juntar ao plano apenas porque os voos de regresso de Santorini estavam proibitivos e regressar de Mykonos seria mais barato.

Aqui vai o resumo dos custos:

Parque Aeroporto – £68.97

Voos – £208.69

(Não encontro o custo do voo para Santorini mas creio que custou cerca de 100 libras por pessoa)

Transfer para Hotel – £8.74

Hotel em Santorini – £156.61 / pessoa

Ferry para Mykonos – £43.85 / pessoa

Hotel em Mykonos – £123.5 / pessoa (com escala em Roma)

Custos durante a viagem – £188.5 / pessoa

Total por pessoa: £763.63

Não e’ nada barato, não vou negar, mas foi um sonho tornado realidade pelo que valeu cada cêntimo!

No total ficamos 7 dias (embora o primeiro e o último não contam na verdade por isso 5 dias!)

2017-09-14 12.09.32_2017-09-14 12.09.37_0000.jpg

 

Uncategorized

Bloggers que sigo!

Ja ha muitos anos que leio blogs e estao umas belas dezenas nos meus favoritos. Muitos de lifestyle, familias, decoracao e claro, muitos de viagens. Para alem de blogs ainda sigo muitos Instagrams e canais de Youtube de pessoas que viajam nas ferias (como eu) ou aqueles que conseguiram ter a coragem de arriscar e fazer das viagens o seu emprego full time.

E’ nestas pessoas, profissionais ou nao, que vou buscar muita da minha inspiracao. Leio e vejo os seus textos, images e videos sem fim, mesmo que nao tenha marcada nenhuma viagem para aqueles destinos. Aqui vai a lista dos meus preferidos:

Dri Everywhere – Nao causara nenhuma surpresa aos que me conhecem que a Dri esteja no top da lista. Eu e uma amiga minha (sim, tu S.) falamos nela como se a conhecessemos. Esta carioca ja viveu no Brasil, Portugal, Italia, Espanha, Reino Unido e este ano mudou-se com a familia para os Estados Unidos. O blog dela tem ja muitos anos e como ela ja viajou quase 100 paises cobriu muitos dos destinos que ja fui ou irei. Mais recentemente deixou de escrever tanto no blog e passou para o Youtube. Podem encontra-la no blog ou no youtube.

Alma de Viajante – e’ o meu blog de viagens escrito por portugueses preferido! Super objetivo e real, o autor deste blog ja viajou por todo o mundo e tem entrevistas de portugueses pelo mundo super interessantes.

Ela e’ Americana – a Liana e o seu filho Edi mora na Suica e viajam pelo mundo e tem um canal no youtube super interessante.

Helo Righetto – na verdade a Helo nao escreve so sobre viagens mas escreve tambem sobre viagems. E’ uma das autoras do Aprendiz de Viajante. Tem dois livros sobre Londres, um mais para iniciantes e outro sobre a Londres escondida (ou menos conhecido).

Viajo Logo Existo – Leo e Rachel Spencer fizeram aquilo que eu sonho (sera que sonho mesmo??), despedirem-se e viajarem pelo mundo. Neste momento em que escrevo este post ja visitaram 113 paises e partilham as suas aventuras aqui.

Joana.ek – embora ja nao escreva muito no blog, e’ no instagram que esta hospedeira de bordo da Emirates partilha as suas experiencias enquanto trabalha.

Lipstick and Luggage – mais um caso de uma hospedeira de bordo da Emirates. Gosto muito da escrita dela super positiva.

Samuel and Audrey – Mais um casal que se dedica a viajar. O canal deles do youtube e’ sinceramente fantastico e com dicas maravilhosas sobre comida, sitios a visitar e onde ficar.

Jo Land – Eu e a Maria Joao trabalhamos na mesma empresa (embora nunca juntas) e desde que soube que decidiu tornar-se freelancer e conhecer o mundo que nunca a parei de acompanhar. Podem acompanhar as aventuras dela aqui.

Viajar entre Viagens – querem saber como tirar o visto para o Uzbesquistao? Ou como se vestir no Irao? Este e’ o local para encontrar esta informacao. Nao espere aquele guia tipico, este casal que ja visitou mais de 80 paises ja foi aos sitios mais remotos do planeta.

The Whole World is a Playground – a Elaine e o Dave sao viciados em viagens e em visitar locais com o selo de qualidade da UNESCO.

 

Uncategorized

Malta – O que ver?

No seguimento do post sobre os custos aqui vao os highlights da visita a Malta.

Malta mistura influencias arabes, africanas e europeias. O terreno arido e os edificios de cor de areia dificilmente vos farao acreditar que ainda se encontram na europa.

Praia! Se vivem num pais onde as hipoteses de fazerem praia sao quase zero entao aproveitem! Nao esperem praias de areia, as praias em Malta sao (na maioria!) rochas com acesso direto ao mar ou praias de rocha. Mas a agua quentinha e’ optima e a ausencia de ondas ajuda a refrescar do calor abrasador! Recomendo visitas a Għadira Bay, Golden Bay, Pretty Bay (areia branca), Dwejra Bay, Armier Bay, Paradise Bay e Ir-Ramla ta’ Għajn Tuffieħa.

2014-09-04 11.25.35.jpg

2014-09-04 14.02.53.JPG

Mdina – situada mesmo no meio da ilha foi cenario para uma das series mais conhecidas, Game of Thrones. A sua planta labirintica e igrejas magnificas fazem com que este ponto nao deva ficar de fora.

This slideshow requires JavaScript.

Marsaxlokk – uma vila na parte oeste da ilha tem um porto onde podem encontrar os tipicos barcos com dois olhos, simbolo de Malta.

2014-09-02 14.04.292014-09-02 13.56.12

Valletta – a capital de Malta merece sem duvida uma visita. A sua arquitetura unica e emaranhado de ruas e cabos de electricidade vao ficar na sua memoria.

2014-08-31 12.14.31 (1).JPG

Vittoriosa, Senglea & Cospicua – do outro lado da baia, estas tres cidades que ficam coladas uma as outras sao sem duvida um marco a nao perder. Perca-se nas ruas, entre nas igrejas, pare nas esplanadas para comer e beber.

Malta e’ constituida por tres ilhas: Malta, Comino e Gozo. Embora tenhamos ficado a maioria da viagem em Malta, demos um salto a Comino onde vimos a Azure Window, pois tivemos a sorte de irmos a Malta antes de este simbolo desaparecer. Aqui vai a foto de recordacao.

2014-08-30 14.09.54.JPG

Popeye Village – Parque temático localizado na baia Anchor. Inicialmente foi construido para servir de cenario para o filme Popeye mas mais tarde foi transformado em parque de diversoes.

2014-09-04 14.02.28.JPG

 

Uncategorized

Malta – Custos

A viagem a Malta não foi muito estudada. Na verdade tenho como princípio abusar dos meus amigos e família que moram fora de Portugal para aproveitar para os visitar e abusar da estadia gratuita e Malta foi um exemplo disso. E, para alem da estadia gratuita, ainda tivemos a sorte de ter alguém que conhece bem a realidade local e nos levou a sítios que não conheceríamos sozinhos.

Por isso aqui vão os custos da viagem:

Voo – 254.38 libras / 317.98 euros

Carro em Malta – 170.55 libras / 213.18 euros

Custos no local – 479.22 libras / 490.42 euros

(cambio da altura da viagem – Agosto 2014)

Total: 817.27 libras / 1021.58 euros

No total estivemos 9 dias em Malta por isso a viagem custou 45.40 libras/56.75 euros por pessoa e por dia

Screenshot_20180917-144533_Instagram.jpg
Vista da varanda do L. e da D. que nos acolheram em Malta!
Uncategorized

Helsinquia – a melhor vista!

Normalmente todas as cidades tem uma igreja, uma catedral ou um monte do qual se pode ter uma vista panoramica da cidade. No entanto Helsinquia e’ completamente plana. Nao ha uma monanhasita, um monte sequer… E em nenhuma igreja que visitamos pudemos aceder a torre para ver a cidade de cima. Como nao encontramos nenuma dica nem sequer pensamos bem nisso. No entanto quando fomos fazer o “free tour” – escreverei mais sobre isto em breve o guia falou-nos no rooftop to hotel Solo Sokos Torni. E nao perdemos tempo, mal acabou a visita fomos aproveitar as ultimas horas do dia para ver a vista. E nao, nao encontramos esta dica em mais lado nenhum depois. Mal aparece no tripadvisor, nao aparece em mais nenhum dos outros blogs que sigo (mais um tema para escrever…) e como tal achei que mereceu mais destaque do que mencionar no meio de um post.

2016-08-27 14.41.38-2016-08-27 14.41.47_0000.jpg

Uncategorized

Aviso à navegação – Ryanair

Um aviso rápido! Não se esqueçam que a partir de hoje entra em vigor a (porcaria da) nova política de mala de mão. Os habituais trolleys não estão mais incluídos na bagagem que vem com o bilhete básico, e apenas pode transportar um item com dimensões de 40x20x25cm.

Screenshot_20180903-200818_Gmail.jpg

Caso queira levar duas malas terá de comprar o extra para ser prioritário ou mandar a mala para o porão (com um custo a partir de 10 euros por trajeto)

Mais informações sobre a nova política de malas aqui.