Maternidade — foi para isto que viemos ao mundo?

Embora a temática deste blog vá ser principalmente sobre viagens este canto é também um espaço pessoal pelo que outras temáticas por vezes surgirão aqui.

Desde há uns anos para cá que percebi que a “normalidade” é algo que não ocorre muito na minha vida. Isso reflete-se nas minhas escolhas pessoais, entre as quais o facto de não ter filhos. Sou uma mulher casada, feliz, com emprego super estável, uma casa demasiado grande para nós e uma vida que está perfeita para receber um novo ser. No entanto isso não aconteceu nem irá acontecer dentro de pouco tempo. Tenho imensos sobrinhos (de sangue e coração), tenho fotos deles na minha secretária, mas zero vontade de ter filhos. Sou inquirida (quase intimada) a explicar-me constantemente, sou acusada de ser egoísta, não pensar no futuro, entre outras coisas bonitas. Quando as pessoas me perguntam sinceramente não tenho uma resposta bonita, floreada, filosófica sobre a razão e, acima de tudo, sinto que não tenho de ter…

Não querendo fugir ao tópico apenas quero pedir uma coisa ás pessoas: parem! Escolhas como estas são extremamente pessoais! Não fazem ideia se existe algum problema e não conseguem engravidar! Não sabem se a pessoa vive em conflito com a sua própria decisão (eu! eu! eu!). Ter um filho é acima de tudo uma decisão pessoal, que NINGUÉM tem direito de cobrar! Nem pais, avós, irmãos, amigos, NINGUÉM!

Também não achem que pessoas como eu vos vão excluir do círculo de amigos. Pelo contrário, adoro seguir as gravidezes das minhas amigas, mimo os meus sobrinhos imenso e peço constantemente fotografias. Provavelmente vai ser em pessoas como eu e outras amigas sem filhos que vão encontrar o ombro de apoio que necessitam em alturas complicadas, que não vão encontrar palpites que não foram pedidos porque nós temos tempo para vos ouvir e sinceramente estamos interessadas! Se vamos sentir falta do tempo em que voces tinham toda a disponibilidade do mundo para nos ouvir? Certamente, mas vocês também vão ter saudades disso…

Termino sugerindo que aproveitem os vossos amigos, familiares sem filhos. Normalmente eles não se importam de tomar conta dos vossos filhos para vocês item jantar, passar um fim de semana fora, umas férias a dois! Eu neste momento estou a tomar conta dos meus dois sobrinhos (os de sangue) durante 5 dias e estou a amar!! E não, lamento mas não mudou a minha opinião sobre querer ter filhos, mas estou a ter dias fantásticos!

(Post escrito enquanto espero pela consulta de ginecologia em que estou rodeada de grávidas, quadros de crianças, estátuas de grávidas e mesmo em frente à maternidade, para nos lembrar, pobres hereges, o motivo pelo qual nós mulheres, vimos ao mundo… — ler com sarcasmo)

20180415_122351.jpg

(Fotografia tirada durante esta viagem com os meus sobrinhos — os de sangue)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s